A história do Chocolate

A história do Chocolate

Chocolate. Existe algum alimento que provoca tanta paixão como esse?
Folclore de muitas culturas afirmaram que consumir chocolate incutia fé, saúde, força e virilidade. Antigamente era uma exclusividade da realeza, agora é um alimento bem acessível. Mas onde nossa paixão por chocolate começou?

Chocolate

De onde é que Chocolate veio?

A árvore de cacau, cujas sementes podem ser transformadas em chocolate, foi descoberta há 2.000 anos nas florestas tropicais das Américas. As primeiras pessoas conhecidas por terem consumido cacau foram os Maias do Período Clássico (250-900 d.C.). Eles misturavam sementes moídas de cacau com temperos para fabricar uma bebida de sabor amargo e picante, que se acreditava ser um elixir promotor de saúde.

Vagens maduras de cacau antes de serem colhidas.

O Chocolate era considerado sagrado para os Maias e Astecas

Para os Maias, vagens de cacau simbolizavam a vida e a fertilidade. As vagens foram muitas vezes utilizadas em rituais religiosos, incluindo cerimônias de casamento, e foi referida como o alimento dos deuses. Na região central do México, os Astecas acreditavam que a sabedoria e o poder vinham através do consumo do cacau, e que este tinha propriedade nutritiva, fortificante, e até mesmo afrodisíaca.

O Chocolate quente mexicano é descendente de uma bebida sagrada chamada “xocoatl”.

Os europeus encantaram-se pelo Chocolate

Os europeus tiveram seu primeiro contato com o chocolate, em 1519, quando Montezuma ofereceu a bebida picante ao explorador espanhol Cortés e seu exército. Os conquistadores espanhóis trouxeram sementes de cacau para a Espanha, onde foram introduzidas especiarias e açúcar a bebida líquida. A bebida de chocolate virou moda e se espalhou por toda a Europa, mas permaneceu sendo consumida pela elite durante alguns séculos.

Imperador mexicano, Montezuma II, recebe o explorador Hernan Cortés.

A fama sedutora do Chocolate

A Reputação afrodisíaca do chocolate surgiu na corte real francesa. Arte erótica e literatura foram inspirados pela substância. Casanova, o sedutor infame, possuía o hábito de beber chocolate antes suas escapadas românticas. Ainda hoje, algumas crenças comumente identificam o chocolate como afrodisíaco.

O famoso amante italiano Giacomo Casanova.

O Chocolate ganha o mundo

A primeira máquina para a fabricação de chocolate foi produzida em Barcelona em 1780, abrindo caminho para a produção em grande escala. Mais tarde, invenções mecânicas, possibilitaram a produção de chocolate cremoso e sólido, além da tradicional forma líquida. A primeira barra de chocolate sólido foi desenvolvida pelo fabricante britânico de chocolates, a Fry & Sons, por volta de 1800.

Máquina para a fabricação de chocolate

Chocolate como presente do Dia dos Namorados

“Acredita-se que durante o século 17, os amantes começaram a trocar lembranças no Dia dos Namorados – doces eram uma delas. Em 1868, a caixa de chocolates como presente de dia dos namorados, foi introduzido [por Richard Cadbury].”, Diz Susan L. Fussell, diretora sênior de comunicações da National Confectioners Association.

Caixa de BOMBONS

Três curiosidades sobre o chocolate!

Em 1875, o primeiro chocolate ao leite foi introduzido no mercado pelo suíço, Daniel Peter. O Chocolate tornou-se tão popular em todo o mundo que, mesmo durante a Segunda Guerra Mundial, o governo dos Estados Unidos enviou cacau para as tropas. Hoje, o Exército dos EUA inclui barras de chocolate em suas rações. Chocolate inclusive já foi levado ao espaço como parte da dieta dos astronautas norte-americanos.

Soldados dão chocolate as crianças francesas durante a Segunda Guerra Mundial.

Chocolate é realmente um afrodisíaco?

O Chocolate contém pequenas quantidades de uma substância química chamada feniletilamina (PEA), também conhecido como a “droga do amor”, e que tem sido ligada à manutenção da energia, humor e atenção. Uma pequena quantidade de PEA é liberado em momentos de euforia emocional, elevando a pressão arterial e frequência cardíaca. Não há evidências de que a PEA encontrada em alimentos aumenta os níveis de PEA no cérebro – embora muitos amantes do chocolate discordam!

Chocolate é afrodisíaco?

Noticiais do chocolate relacionado a saúde saem constantemente na mídia

O chocolate negro (ao contrário do chocolate branco ou ao leite) contém flavonóides saudáveis semelhantes aos encontrados no chá, vinho tinto, frutas e vegetais. Estudos têm mostrado que o chocolate escuro pode melhorar o fluxo sanguíneo, pode reduzir os níveis de glicose no sangue e aumentar a sensibilidade à insulina, ajudando assim a reduzir o risco de diabetes. Mas cuidado, chocolate possui muita gordura saturada e açúcar, assim deve-se desfrutar de pequenas porções como parte de uma dieta saudável.

Chocolate e a saúde

Saty Jardim
O texto acima é de inteira responsabilidade de Saty Jardim, não expressando necessariamente a opinião do Portal do Rancho. Saiba mais sobre o autor.

Posts Relacionados

Deixe seu comentário » ()