Fondue: um ritual do inverno

Fondue: um ritual do inverno
O clima serrano- frio, umidade, vento e gelo- típico de Rancho Queimado convida pra um dos que é o mais gostosos rituais do inverno: a founde! Acompanhada pelo fogo na lareira ou fogão a lenha, por um bom vinho e por antepastos, o mais interessante da fondue é o  preparo. Convide a todos, chame-os para a cozinha e mãos à obra!

Renda-se ao charme do inverno e prepare uma saborosa fondue

A origem da fondue

Antes de começar, é preciso deixar claro que o correto é a fondue e não o fondue. A palavra é de origem francesa e significa “derreter”. Já a origem do prato é suíça. Os camponeses não tinham como buscar mantimentos na cidade, pois as montanhas e os vales alpinos ficavam cobertos de neve. Abastecidos com pão e vinho, derretiam os restos do queijo que produziam e mergulhavam o pão na mistura fervente. Uma comida simples, saborosa e nutritiva para agüentar o frio.

Alguns afirmam que a fondue foi criada por volta do século XVI-XVII, pois a receita teria chegado à França no século XVII. Outros atribuem sua criação ao período da Segunda Guerra Mundial. Na década de 1950, a iguaria teria começado a ganhar fama em Nova York, quando o chef Conrad Egli, do restaurante Chalet Suísse, incluiu o prato no cardápio e criou a fondue de chocolate para servir como sobremesa.

Como em todo ritual, o prato foi adaptado e, além da fondue de queijo, há ainda a bourguignonne (fondue de carne), de peixe, camarão ou chocolate com frutas

Com tempo e bem acompanhado

fondue é uma comida para ser saboreada. Tem todo um ritual: mergulhar o pão no queijo, fritar a carne, escolher o molho, cobrir as frutas com chocolate… não dá pra fazer e comer fondue com pressa, é preciso pelo menos uma hora e meia para “sentir” a refeição. Também não convém estar sozinho. Até pelo ritual que envolve, a fondue é ideal para uma boa conversa entre amigos e familiares ou um jantar romântico para os apaixonados. Também por todas essas características, a iguaria é mais convidativa à noite.

Receitas pra você saborear

A fondue de chocolate pede morango e Rancho Queimado tem os mais saborosos

Fondue de Chocolate

Ingredientes

300 gr de chocolate picado(s)
100 gr de chocolate meio amargo picado(s)
250 ml de creme de leite fresco
1 dose de conhaque

Modo de preparo

Levar os chocolates e o creme de leite ao fogo, em banho-maria, mexendo sempre. Não deixar a água ferver. Depois de obter uma mistura homogênia, retirar do banho-maria e adicionar o conhaque. levar ao fogareiro na mesa.

No ritual da fondue, o de queijo é servido acompanhado por torradas e patês

Fondue de quatro queijos

Ingredientes

150 gr de emmenthal
100 gr de Mussarela
50 gr de roquefort
50 gr de parmesão
3 unidade(s) de tomate ralado(s)
quanto baste de azeite
quanto baste de sal
1 pacote(s) de torrada(s)
1 unidade(s) de baguete
quanto baste de orégano
quanto baste de manteiga

Modo de preparo

Misture o azeite, o sal e leve à geladeira. Rale os queijos e reserve.
Passe manteiga na baguete e polvilhe orégano. Leve ao forno para gratinar. Reserve.
Espalhe os tomates ralados numa fôrma redonda de barro. Acrescente os queijos ralados e leve ao fogo para derreter.
Sirva com as torradas e a baguete.

_____________________________________________________________________

Infelizmente, alguns aspectos do turismo em Rancho Queimado andam na contramão: uma cidade que quer ser referência no turismo catarinense, com ênfase no inverno, não possui nenhum estabelecimento que sirva uma apetitosa fondue. Imaginem Gramado e Campos do Jordão sem essa iguaria. É o mesmo que dizer que Rancho Queimado é cidade turística e nada oferta aos visitantes. Mas isso é outra conversa. É isso!

Jonei Bauer
O texto acima é de inteira responsabilidade de Jonei Bauer, não expressando necessariamente a opinião do Portal do Rancho. Saiba mais sobre o autor.

Posts Relacionados

Deixe seu comentário » ()