Frohe Weihnachten, Tante Traudi

Ontem fui visitar minha amada e admirada professora, Tante Traudi! A ela devo muito do que sei. Mais do que me ensinar o alemão e a correta conjugação dos verbos na língua portuguesa, a ela devo boa parte das pitadas de alegria, amor, longanimidade e compreensão que posso ter!

Tante Traudi é para mim um grande exemplo. Íntegra, educada, calma e sorridente sempre me perpassou esses valores. Tenho muito orgulho de poder tê-la como professora em minha vida, na infância, à época tão importante para o meu desenvolvimento.

Felizes foram as aulas de teatro, onde nossa imaginação vinha à tona, aflorava e éramos transportados a um mundo imaginário, do faz-de-contas. Todos os dias uma nova estória. Tante Traudi fazia-nos sentar num círculo no chão. Ela, sentada na cadeira, se transformava no nosso palco. Escolhia sempre alguém para sentar no seu colo, e assim, da sua bolsa de palhas tirava o fabuloso livro, de onde lia suas narrativas! Felizes fomos nós, crianças de Taquaras, que tivemos o privilégio de poder ouvir e viajar com a Tante Traudi.

Nas aulas de alemão, maternalmente, todos ganhamos apelidos. Nossa postura ao sentar, a ortografia, a pronúncia… Tudo era cobrado em rigidez absoluta, porém ela possuía o dom de nos cativar e engambelar, sempre! Orações e cantos em alemão, as brincadeiras que contribuíam com nosso aprendizado… Uma mestra que orquestrava muito bem as aulas!

Ela tinha um jeito peculiar de corrigir: uma letra invejável, punha um minúsculo sinal de correto – linha por linha, palavra por palavra, comprovando que estava atenta a tudo. Nossa meta era sempre ter o nosso dez, com a estrelinha e um belo “parabéns!”.

Tante Traude, tenha um feliz e abençoado Natal

O tempo passa, a gente cresce, mas ensinamentos morais e éticos como os que eu aprendi com minha querida professora, Tante Traudi, perduram para sempre. De certa maneira também os passei adiante, na minha experiência docente.

Quero dedicar essa homenagem que fiz a minha professora de infância a todas as pessoas que, de certa maneira, sentiram-se tocadas pelo modo com que eu a descrevi. Que os mais puros sentimentos, de amor, de compaixão, de bondade e de fraternidade aflorem em vossos corações e que todos possam compartilhá-los, transmitindo-os para que mais pessoas sejam tocadas.

Feliz e abençoado Natal e que possamos sempre partilhar de momentos inesquecíveis e únicos em nossas vidas. Por hora, quero manifestar meu profundo agradecimento, mais uma vez, a todos que compreendem o verdadeiro espírito do Natal. Obrigado pelo apoio que obtive, ao longo deste ano, aqui no Portal. Muito obrigado a todos que acompanham os meus textos, as minhas ideias e os meus devaneios. Que todos sintam a magia do Natal! É isso!

Frohe Weihnachten

Ihr Kinderlein, kommet, o kommet doch all!

Zur Krippe her kommet in Bethlehems Stall,

und seht, was in dieser hochheiligen Nacht

der Vater im Himmel für Freude uns macht.

 

Jonei Bauer
O texto acima é de inteira responsabilidade de Jonei Bauer, não expressando necessariamente a opinião do Portal do Rancho. Saiba mais sobre o autor.

Posts Relacionados

Deixe seu comentário » ()