Uma cidade, dois portais: a maquiagem que se faz

Rancho Queimado está localizado em um lugar privilegiado. O clima e a paisagem são favoráveis ao turismo. Somos destino indutor! E por aqui, desde os tempos dos valentes e desbravadores tropeiros, passam todos que transitam entre Lages – planalto catarinense – e a Capital do estado – Florianópolis.

O charme da região é convidativo a um passeio! E esse passeio começa no acesso principal da cidade – o Portal Turístico. Imponente, ele se destaca na paisagem, com seu telhado que faz uma releitura do estilo enxaimel, com os detalhes do tijolo e da madeira e um belo jardim. No entanto, fica nisso: o portal é ocioso. Tem salas projetadas para o uso e que estão fechadas. Dever-se-ia utilizá-las como um atrativo de recepção aos visitantes, montar uma exposição sobre o município, disponibilizar os folders da cidade. Serviria como uma cartão de boas-vindas!

Portal Turístico de Rancho Queimado, versão amarelo

Portal Turístico de Rancho Queimado, versão vermelho

Enquanto ele que em poucos anos já foi amarelo e agora vermelho (gastos desnecessários!) temos outro portal, o pioneiro que há vinte anos se impõe na paisagem da Serra da Boa Vista. Vale lembrar que a região da Boa Vista foi aclamada pela Fundação Getúlio Vargas como o local ideal para o desenvolvimento do turismo em Rancho Queimado, mas por lá o portal está esquecido…

O letreiro, que foi confeccionado e doado pela Senhora Felícia Emma Hatzky Schütz em 1992, foi recolhido por ela, quando ainda estava viva e já percebia o descaso com a obra. Na época Felícia mandou reerguer a placa que caída, apodrecia ao tempo. Como não lhe deram ouvidos e ela, com alma de artista, sentia o seu filho – a obra dela – chorando. Recolheu o letreiro e não o devolveu mais. Era mais do que justo!

Há alguns anos fizemos um curso de Paisagismo e Jardinagem e foi-nos proposto esboçar um projeto paisagístico para o portal. Dele nunca mais obtive notícias! Pergunto: como que alguém que passe pela Boa Vista será atraído em conhecer a cidade se a fachada dela está abandonada há mais de quinze anos?

Quanto custa algumas mudas de flores, algumas lâmpadas? Quanto será que custa para manter o Portal de Taquaras bem-cuidado? A comunidade de Taquaras, indignada, fica no esquecimento. O folder oficial do município tem o outro portal, o novo e vermelho. Por que não colocaram fotos do Portal de Taquaras? Existe uma maquiagem nesse turismo!

O Portal Turístico de Taquaras dá as "boas-vindas" ao visitante

Lama, falta d'água, goteiras - abandono

Eu, de certa maneira, angustio-me e fico triste em ter que usar o Portal do Rancho para escrever isso. Acontece que sou nascido aqui, cresci aqui e sempre pretendi viver aqui, mas diante desses descasos acabo, às vezes, desistindo dessa luta. O que adianta eu usar o Portal para divulgar as coisas daqui se não sinto valorização por parte de quem deveria cuidar da sua cidade? O gestor público fala, escreve e sempre afirma que “sonha em ver sua Rancho Queimado mais florida”! Só flores não bastam! É preciso cuidar do jardim. E o nosso sinto abandonado, infelizmente.

Vocês, caros colegas que compartilham desse Portal, bem veem que eu amo Rancho Queimado. Falo das coisas que temos. Perco horas escrevendo meus textos, respondendo aos e-mails que o site recebe. O PORTAL DO RANCHO É O MAIOR VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO QUE O MUNICÍPIO POSSUI. Queria poder usá-lo para divulgar as coisas daqui. Queria falar de quitutes, de turismo, de qualidade de vida… Isso seria compactuar com a maquiagem que a cidade vive! E ainda há os que enxovalham minha caixa de e-mails com afrontas porque falo a verdade… No momento em que eu começar a mentir e apenas escrever as coisas “bonitas” aí sim, ficarei ofendido com esses “cegos-leitores” que veem os meus textos como uma afronta. Pelo contrário, eu quero é ajudar a melhorar, fazer sim uma cidade melhor para se viver!

Se escrevo isso é porque eu tenho propriedade para falar do assunto! Eu fiz parte desse processo! Eu sou o próprio pertencimento da revolução que a cidade sofreu, graças à invenção da Festa do Morango. E se, às vezes, soa que defendo demais essa festa, é a mais pura verdade. Afinal ela é comunitária e somos nós que a suportamos ano após ano. Eu bem sei o quanto perdemos sono, o quanto já choramos por este filho. Agora isso é outra história! Por hora, visitem Taquaras, mas ao passarem pela Boa Vista fechem os olhos para não verem o Portal! É isso!

A paisagem é desoladora: abandono total

Quem cuida da sua entrada assim?

O Portal corre o risco de cair: o telhado está todo podre

O letreiro que caiu foi reposto pela artista, Felícia Schütz, mas caiu novamente e pelo descaso com a obra ela o retomou

Jonei Bauer
O texto acima é de inteira responsabilidade de Jonei Bauer, não expressando necessariamente a opinião do Portal do Rancho. Saiba mais sobre o autor.

Posts Relacionados

Deixe seu comentário » ()